O rebaixamento corporal nas imagens midiáticas

José de Arimathéia Cordeiro Custódio

Resumo


Este artigo faz uma leitura do grotesco apresentado nas mídias visuais, sobretudo a televisão. Fundamenta a reflexão nas idéias de rebaixamento corporal propostas por Mikhail Bakhtin em sua obra sobre a cultura popular no final da Idade Média e Renascimento, à luz das criações literárias de François Rabelais. O estudo expõe dimensões antropológicas do corpo humano; define o rebaixamento a partir do pensamento bakhtiniano; apresenta aspectos da mentalidade e do cenário cultural do fim do medievo, com ênfase na carnavalização e dessacralização do corpo humano; e discute as noções do realismo grotesco renascentista atualizadas no contexto das imagens midiáticas contemporâneas.

Palavras-chave


Filosofia da Linguagem. Grotesco. Rebaixamento Corporal. Mikhail Bakhtin - Filósofo.

Texto completo:

Artigo PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/1984-7939.2005v1n1p195



Discursos Fotogr.

Londrina - PR

DOI: 10.5433/1984-7939

EISSN: 1984-7939

Email: revistadiscursos@uel.br




 
Esta obra está licenciada com uma licença Creative Commons Atribuição-Não comercial 4.0 Internacional.