Três visões da fotografia: autor, turista e pesquisador

Bruna Alves Lôbo, Maria Lúcia Bastos Alves

Resumo


A fotografia pode incitar um debate crítico sobre a desconstrução e a transformação da realidade, sobretudo como instrumento ideológico. No caso deste artigo, foram analisadas fotografias utilizadas para divulgar dois lugares de João Pessoa (PB): a lagoa do Parque Solón de Lucena e a Praia de Tambaú. Para analisar qualitativamente estas fotografias – pelo olhar do autor, do
turista e do pesquisador – recorreu-se à iconografia e à narrativa
visual. Pela análise, foi possível compreender como fotografias com diferentes origens podem fornecer subsídios para um entendimento sobre a produção de imagens de atrativos turísticos da cidade.

Palavras-chave


Análise Fotográfica. Marketing turístico. João Pessoa (PB).

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/1984-7939.2012v8n13p55



Discursos Fotogr.

Londrina - PR

DOI: 10.5433/1984-7939

EISSN: 1984-7939

Email: revistadiscursos@uel.br




 
Esta obra está licenciada com uma licença Creative Commons Atribuição-Não comercial 4.0 Internacional.