Democracia, desenvolvimento e accountability no plano local: estudo sobre as prestações de contas dos municípios piauienses

Valter Rodrigues Carvalho, Cláudio Rêgo Carvalho

Resumo


Este artigo busca observar a associação entre os fatores socioeconômicos e a prática de accountability dos gestores públicos piauienses nos anos de 2010 a 2013. É um estudo de caso sobre alguns municípios selecionados e analisados através de pesquisa qualitativa e quantitativa. Foi possível evidenciar que os municípios com maiores IDHMs mostraram práticas de accountability societal mais robustas devido ao maior pluralismo social e organizacional e capacidades estatais. A partir da aprovação/reprovação das contas de gestão, os municípios de maior IDHM demonstraram maior accountability societal.  Concluímos que um controle do tipo alarme de incêndio – pressão social vinda da sociedade – evitou que o controle fosse apenas do tipo patrulha de políciaaccountability horizontal realizada pelo TCE-PI –, resultando em prestações de contas regularizadas e de acordo com as regras da boa gestão pública.

Palavras-chave


Desenvolvimento e democracia. Representação e accountability. Cultura política e democracia.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/1980-511X.2021v16n3p101

Direitos autorais 2021 Revista do Direito Público

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Sem derivações 4.0 Internacional.

Rev. Dir. Publico

Londrina - PR

ISSN: 1980-511X

Email: rdpubuel@uel.br



 

 


Indexado: