Método descritivo-sociolinguístico: oralidade e regionalismo na região de Dourados/MS

André Suehiro Matsumoto, Adriane Roberta Ribeiro Macedo

Resumo


Entendendo que a oralidade é o elemento pelo qual se pode depreender os valores culturais de uma comunidade, o presente estudo ressaltou a existência de regionalismos na linguagem falada, e isso foi constatado por meio do registro do discurso oral de falantes residentes na região de Dourados, assim a pesquisa se apoiou em recursos teóricometodológicos dos estudos da sociolinguística laboviana que analisa as variações da língua, decorrentes de variantes linguísticas e/ou sociais (LABOV, 2008/1983 e TARALLO, 2007). Através do cenário sociolinguístico, a pesquisa realizou um levantamento de vocábulos presentes na linguagem oral dos sujeitos pesquisados. Este estudo valoriza a linguagem não padrão e reflete sobre o processo de variação e mudança linguística por meio da oralidade, interligando questões sociais, históricas e geográficas.


Palavras-chave


Sociolinguística; Variação; Léxico; Regionalismo

Texto completo:

PDF

Referências


ALKIMIN, T. Sociolinguística parte I. In: MUSSALIN, Fernanda e BENTES, Anna Christina. Introdução à linguística – domínios e fronteiras. São Paulo: Contexto, 2001. v. 1.

BAGNO, M. Preconceito linguístico o que é, como se faz. São Paulo: Loyola, 2007.

BENVENISTE, E. Problemas de linguística geral II. São Paulo: Pontes, 1989.

BORBA, F. da S. Organização de dicionários: uma introdução à lexicografia.São Paulo: UNESP,2003.

BORTONI-RICARDO,S. M. Educação em língua materna: a sociolinguística na sala de aula. São Paulo: Parábola, 2004.

BRIGHT, W. As dimensões da Sociolinguística. In: FONSECA, M. S. V.; NEVES, M. E. (orgs). Sociolinguística. Rio de Janeiro: Eldorado, 1974.

CALVET, L-J. Sociolinguística - uma introdução crítica. São Paulo: Parábola, 2002.

ELIA, S. Sociolinguística – uma introdução. Rio de Janeiro. Padrão, 1987.

FISHER, J.L. Influências sociais na escolha de variantes linguísticas. In: FONSECA, M. S.V.; NEVES, M. E.(org.). Sociolinguística. Rio de Janeiro: Eldorado, 1974.

ISQUERDO, A. N. e OLIVEIRA,M.P.P. As Ciências do Léxico: lexicologia, lexicografia, terminologia. Campo Grande, MS: UFMS, 2001.

LABOV, W. Modelos sociolinguísticos. Madri: Cátedra, 1983.

LABOV, W. Padrões sociolinguísticos. São Paulo: Parábola, 2008.

MARTIN, R. Para entender a linguística. São Paulo: Parábola, 2003.

MONTEIRO, J.L. Para compreender Labov. Petrópolis: Vozes, 2000.

TARALLO, F. A pesquisa sociolinguística. São Paulo: Ática, 2007.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Boitatá
E-ISSN: 1980-4504
Universidade Estadual de Londrina
E-mail: boitata@uel.br
Telefone: (43) 33714428