A construção do pensar histórico: questões da formação histórica no Ensino

Claudia Moraes de Souza

Resumo


Ao reconhecermos a vitalidade do conhecimento da história nas sociedades, conseqüentemente reconhecemos os significados da formação histórica para a vida social, ou seja, a necessidade do desenvolvimento de capacidades do pensar histórico por parte do indivíduo para a vida pratica. A afirmativa central deste artigo centra-se na importância do pensar histórico e na idéia de que e o ensino de história protagoniza papéis nesta formação, sendo o conhecimento histórico indispensável na realidade vivida, articulando passado/presente e futuro, construindo identidades culturais e orientando o sentido prático da vida material. Isto posto, o conhecimento histórico assume função na escola, potencializando o papel do ensino e do professor de história na formação do sujeito crítico e dos valores universalistas da pluralidade e interculturalidade.

 

 

 


Palavras-chave


Ensino de História; Formação histórica; Formação de professores

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/1984-3356.2010v3n6p729



Antíteses
Londrina/PR - Brasil
ISSN: 1984-3356

antiteses@uel.br

PPG-HSCNPQRevista da ABPN foi a indexada a ERIHPLUS-European REference Index for the  Humanites and Social...Indexadores
Directory of Open Access Journals – DOAJDORA