A ´moderna Botucatu´: a imagem de cidade moderna no interior paulista (1928-1934)

Eduardo Romero de Oliveira, Luis Gustavo Martins Botaro

Resumo


O artigo tem como objetivo abordar a imagem da cidade moderna no interior paulista a partir do estudo de caso da cidade de Botucatu entre os anos de 1928 a 1934. Para tal, utilizamos os jornais local (Correio de Botucatu, Jornal de Notícias e Folha de Botucatu) e a percepção dos mesmos sobre os aspectos e elementos que categorizam uma imagem de cidade moderna. Dentre estes elementos, destacamos a ênfase no uso da energia elétrica para fins comerciais e cotidianos, as indústrias da cidade e a ferrovia. Em relação ao transporte e à modernidade, temos como hipótese de que a estrada de ferro não é o único elemento modernizador: a presença do automóvel e da estrada de rodagem ganha espaço nos jornais como meio de dinamizar o comércio e a indústria local, condições para a modernização do espaço urbano de Botucatu, segundo os jornais.

Palavras-chave


Botucatu; Infraestrutura urbana; Modernidade; Ferrovia; Automóvel

Texto completo:

PDF

Referências


ANDRADE, Alenuska K. G. A eletricidade chega à cidade: inovação técnica e a vida urbana em Natal (1911-1940). 2009. Dissertação (Mestrado em História) – Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2009.

ARRUDA, Gilmar. Cidades e sertões: entre a história e a memória. 1997. Tese (Doutorado em História) - Faculdade de Ciências e Letras de Assis, UNESP, Assis, 1997.

BARBUY, Heloísa. A cidade-exposição: comércio e cosmopolitismo em São Paulo, 1860-1914. São Paulo: Edusp, 2006.

BERMAN, Marshall. Tudo que é sólido desmancha no ar: a aventura da modernidade. Tradução de Carlos Felipe Moisés e Ana Maria Ioratti. São Paulo: Companhia das Letras, 2007.

BOTARO, Luís G. Botucatu: modernidade e infraestrutura urbana no interior paulista (1928-1934). 2015. 196 f. Dissertação (Mestrado em História) – Faculdade de Ciências e Letras de Assis, Universidade Estadual Paulista, Assis, 2015.

CASTRO, Maria Inês Malta. O preço do progresso: a construção da estrada de ferro Noroteste do Brasil (1905-1914). 1993. Dissertação (Mestrado em História) - Departamento de História do Instituto de Filosofia e Ciências Humanas, UNICAMP, Campinas, 1993.

COSTA, Emilia V. Da Monarquia a República: momentos decisivos. São Paulo: Ciências Humanas LTDA, 1979.

DONATO, Hernani. Achegas para a história de Botucatu. Botucatu: Copy Gráfica, 2008.

FERRARI, Mivaldo M. A expansão do sistema rodoviário e o declínio das ferrovias no Estado de São Paulo. 1981. 222 f. Tese (Doutorado em História) – Departamento de História da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo, São Paulo, 1981.

GALVÃO, O. J. A. Desenvolvimento dos transportes e integração regional no Brasil: uma perspectiva histórica. Planejamento e Políticas Públicas, n.13, p. 183-214, jun. 1996.

GARCIA, Liliana B. R. O urbano paulista e botucatuese: algumas considerações. Perspectivas, São Paulo, v. 16, p. 145-164, 1993.

GHIRARDELLO, Nilson. A formação dos patrimônios religiosos no processo de expansão urbana paulista. São Paulo: UNESP, 2010.

GHIRARDELLO, Nilson. Cidades e ferrovia. In: CAMPOS, Cristina; OLIVEIRA, Eduardo Romero; GITAHY, Maria Lucia Caira. Território e cidades: projetos e representações, 1870-1970. São Paulo: Alameda, 2011. p. 71-91.

GIDDENS, Antony. As consequências da modernidade. Tradução Raul Fiker. São Paulo: UNESP, 1991.

LE GOFF, J. História e memória. Campinas: Unicamp, 2003.

LORENZO, Helena C. Eletrificação e crescimento industrial no Estado de São Paulo: 1880-1940. Perspectivas, São Paulo, v. 18, p. 123-143, 1995.

LORENZO, Helena C. Eletrificação, urbanização e crescimento industrial no Estado de São Paulo, 188-1940. 1993. Tese (Doutorado em Geografia) – Instituto de Geociências e Ciências Exatas de Rio Claro, Universidade Estadual Paulista, Rio Claro, 1993.

MAGALHÃES, Gildo. Força e luz: eletricidade e modernização na República Velha. São Paulo: Unesp, 2000.

NATAL, Jorgel Luiz A. Transporte, ocupação do espaço e desenvolvimento capitalista no Brasil: história e perspectiva. 1991. 356 f. Tese (Doutorado em Economia) – Instituto de Economia da Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 1991.

NUNES, Ivanil. Integração ferroviária Sul-americana: por que não anda esse trem? 2008. 290 f. Tese (Doutorado em Integração da América Latina) - PPG Integração da América Latina, USP, São Paulo, 2008.

OLIVEIRA, Eduardo Romero; SILVA, Fernanda H. Aparecida. Povoamento, ocupação de terras e tecnologia de transporte às margens do rio Paraná (1907-1962). In: CAMPOS, Cristina; OLIVEIRA, Eduardo Romero; GITAHY, Maria Lucia. Território e cidades: projetos e representações, 1870-1970. São Paulo: Alameda, 2011. p. 113-134.

OLIVEIRA, Eduardo Romero. Centenário da ferrovia brasileira (1954): ensaio sobre a elaboração da memória ferroviária no Brasil. Espaço & Geografia, Brasília, v. 16, n. 2, p. 675-717, 2013.

OLIVEIRA, Eduardo; BOTARO, Luís. Transformações urbanas e a nova estação da Sorocabana em Botucatu. In: ALVES, Silvana; BITTENCOURT, Luis (Org.). Arquitetura, urbanismo e paisagismo: contexto contemporâneo e desafios em áreas centrais. São Paulo: Cultura Acadêmica, 2015. p. 119-146.

ORTIZ, Renato. Cultura e modernidade: a França no século XIX. São Paulo: Brasiliense, 1998.

PEREIRA, Robson. Washington Luís e a modernização de Batatais. São Paulo: Annablume/FAPESP, 2005.

PINTO, Sebastião Almeida. No velho Botucatu. 2. ed. São Paulo: Paulicécia, 1994.

SÁVIO, Marco. A modernidade sobre rodas: tecnologia automotiva, cultura e sociedade. São Paulo: EDUC/FAPESP, 2002.

SEVCENKO, Nicolau. O prelúdio republicano, astúcias da ordem e ilusões do progresso. In: SEVECENKO, Nicolau; NOVAIS, Fernando (Org.). História da vida privada no Brasil. Da Belle époque à era do rádio. São Paulo: Companhia das Letras, 1998. v. 3, p. 7-48.

SEVCENKO, Nicolau. Orfeu extático na metrópole: São Paulo, sociedade e cultura nos frenéticos anos 20. São Paulo: Companhia das Letras, 1992.

VELLOSO, Monica. O modernismo e a questão nacional. In: FERREIRA, Jorge; DELGADO, Lucilia (Org.). O Brasil republicano. Rio de Janeiro, 2007. v. 4, p. 353-386.




DOI: http://dx.doi.org/10.5433/1984-3356.2018v11n21p312

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Sem derivações 4.0 Internacional.

Antíteses
Londrina/PR - Brasil
ISSN: 1984-3356

antiteses@uel.br

PPG-HSCNPQRevista da ABPN foi a indexada a ERIHPLUS-European REference Index for the  Humanites and Social...Indexadores
Directory of Open Access Journals – DOAJDORA