O Ensino de História no século XXI: a perspectiva dos professores participantes do Programa de Desenvolvimento Educacional do Paraná (PDE) em relação às Diretrizes Curriculares da Educação Básica de História (DCEs)

Maria Paula Costa

Resumo


Este artigo tem por objetivo analisar como os professores que participaram do Programa de Desenvolvimento Educacional do Paraná (PDE) mobilizaram seus saberes docentes para a leitura e apropriação na prática do cotidiano escolar das Diretrizes Curriculares da Educação Básica de História do Estado do Paraná (DCEs). Para tanto a principal fonte de pesquisa foram às respostas de um instrumento de investigação que procurou compreender os usos, significados, dificuldades e negação deste texto curricular oficial. A proposta de ensino das DCEs está vinculada as discussões da área de investigação denominada, Educação Histórica, especificamente aos estudos teóricos de Jörn Rüsen sobre consciência histórica. Neste sentido, buscamos desvendar os diferentes significados atribuídos pelos professores e seu impacto no trabalho docente no âmbito escolar.

Palavras-chave


Ensino de história; Formação continuada de professores; Currículo e educação histórica

Texto completo:

PDF

Referências


ABUD, Katia Maria. A história nossa de cada dia: saber escolar e saber acadêmico na sala de aula. In: MONTEIRO, Ana Maria; GASPARELLO, Arlete Medeiros e MAGALHÃES, Marcelo de Souza. Ensino de história: sujeitos, saberes e práticas. Rio de Janeiro: Mauad X FAPERJ, 2007. p. 107-117

ARCO-VERDE, Yvelise Freitas de Souza. Introdução às Diretrizes curriculares. 2007. Disponível em: http://www.pedagogia.seed.pr.gov.br/arquivos/File/OTP/texto_yvelise.pdf. Acesso em: 9 jun. 2012.

BITTENCOURT, Circe Maria Fernandes. Ensino de história: fundamentos e métodos. São Paulo: Cortez, 2008.

BRASIL. Lei n. 9.394, de 20 de dezembro de 1996. Estabelece as diretrizes e bases da educação nacional. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/l9394.htm. Acesso em: 5 out 2013.

BRASIL. Ministério da Educação. Prodocência: apresentação. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/index.php?option=com_content&view=artigle&id=12244&Itemid=86. Acesso em: 5 out. 2013

BRZEZINSKI, Iria. Tramitação e desdobramento da LDB/1996: embates entre projetos antagônicos de sociedade e educação. Revista Trabalho, educação e saúde. Rio de Janeiro, v. 8, n. 2, p. 185-206, jul./out. 2010.

CAIMI, Flávia Eloisa. História escolar e memória coletiva: como se ensina? Como se aprende? In: CONTIJO, Rebeca; ROCHA, Helenice; MAGALHÃES, Marcelo; (Org.). A escrita da história escolar: memória e historiografia. Rio de Janeiro: Editora FGV, 2009. p. 65-79.

CAPES. Pibid: programa institucional de bolsa de iniciação à docência. Disponível em: http://www.capes.gov.br/educação-basica/capespibid. Acesso em: 5 out. 2013a.

CAPES. Plano nacional de formação de professores da educação básica – PARFOR. Disponível em: http://www.capes.gov.br/educação-basica/parfor. Acesso em: 5 out. 2013b.

CERRI, Luís Fernando. Construção curricular como educação de professores: o caso das diretrizes curriculares estaduais de história no Paraná. In: CERRI, Luís Fernando. Ensino de história e educação: olhares em convergência. Ponta Grossa: UEPG, 2007. p.27-43.

FELDMANN, Marina Graziela. Formação de professores e cotidiano escolar. In: FELDMANN, Marina Graziela. Formação de professores e escola na contemporaneidade. São Paulo: SENAC, 2009. p. 71-80.

FONSECA, Selva Guimarães. Caminhos da historia ensinada. Campinas: Papirus, 1993.

GASPARELLO, Arlete Medeiros. Encontro de saberes: as disciplinas escolares, o historiados da educação e o professor. In: MONTEIRO, Ana Maria; GASPARELLO, Arlete Medeiros e MAGALHÃES, Marcelo de Souza (Orgs.) Ensino de história: sujeitos, saberes e práticas. Rio de Janeiro: Faperj/Mauad, 2007. p. 73-89.

LEE, Peter. Progressão da compreensão dos alunos em história. In: BARCA, Isabel (Org.). Perspectivas em educação histórica. Minho: Centro de Educação e Psicologia- Universidade do Minho, 2001. p. 13-27.

MONTEIRO, Ana Maria. Professores de história: entre saberes e práticas. Rio de Janeiro: Mauad X, 2007.

PARANÁ, Programa de Desenvolvimento Educacional – PDE. Curitiba: SEED, 2013. Disponível em: http://www.gestaoescolar.diaadia.pr.gov.br/arquivos/File/pde_roteiros/documento_sintese_pde_2013.pdf. Acesso em: 5 out. 2013.

PARANÁ. Diretrizes curriculares da educação básica: história. Curitiba: Secretaria de Estado da Educação-SEED, 2008.

PARANA. Lei Complementar nº 130, de 14 de julho de 2010. Regulamenta o Programa de Desenvolvimento Educacional – PDE, instituído pela Lei Complementar nº 103/2004, que tem como objetivo oferecer Formação Continuada para o Professor da Rede Pública de Ensino do Paraná, conforme especifica. Disponível em: https://www.legislacao.pr.gov.br/legislacao/pesquisarAto.do?action=exibir&codAto=56184&indice=1&totalRegistros=2. Acesso em: 5 out. 2013.

RÜSEN, Jörn. Didática da história: passado, presente e perspectivas a partir do caso alemão. In: SCHMIDT, Maria Auxiliadora; BARCA, Isabel; MARTINS, Estevão de Rezende. (Org.) Jörn Rüsen e o ensino de história. Curitiba: UFPR, 2010. p.23-40.

SIMAN, Lana Mara de Castro. O papel dos mediadores culturais e da ação mediadora do professor no processo de construção do conhecimento histórico pelos alunos. In: ZARTH, Paulo A. et al. (Org.). Ensino de história e educação. Ijuí: UNIJUÍ, 2004. p. 81-107.

TARDIF. Maurice. Saberes profissionais dos professores e conhecimentos universitários. Revista Brasileira de Educação, São Paulo, n. 13, p. 5-24, jan./abr., 2000.




DOI: http://dx.doi.org/10.5433/1984-3356.2013v6n12p53

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

Antíteses
Londrina/PR - Brasil
ISSN: 1984-3356

antiteses@uel.br

PPG-HSCNPQRevista da ABPN foi a indexada a ERIHPLUS-European REference Index for the  Humanites and Social...Indexadores
Directory of Open Access Journals – DOAJDORA