Descentralização administrativa: o caso da 26ª SDR, Canoinhas, Contestado - SC

Paulo Odair Moreira

Resumo


O presente trabalho se propõe a fazer um estudo sobre o processo de descentralização administrativa implementado em Santa Catarina, a partir do ano de 2003 procurando destacar o que é realmente descentralização administrativa, no entender de alguns teóricos e demonstrar se o modelo adotado em nosso estado realmente caracteriza esse processo. Agiu-se no sentido de entrevistar os prefeitos da região, colhendo suas opiniões sobre a 26ª SDR-Canoinhas e sua importância para os referidos municípios. A ideia de descentralização em si é muito interessante se realmente ocorre-se uma verdadeira descentralização, e não somente um processo de desconcentração administrativa como é o caso catarinense. Portanto o estado ainda tem que avançar muito nesse processo democrático se realmente quiser ter no futuro uma verdadeira descentralização política administrativa. É necessário um amadurecimento do povo da região para entender a verdadeira importância dessa ação para os destinos regionais e que as coisas não sejam só vistas como oportunidade política.

Palavras-chave


Descentralização; Processo; Governo

Texto completo:

PDF

Referências


BAZZANELLA, Sandro Luiz. Crônicas do Desenvolvimento. Florianópolis: DIOESC, 2012.

BINOTTO, E.et al. Descentralização Político-Administrativa: o Caso de uma Secretaria de Estado. Revista Brasileira de Gestão e Desenvolvimento Regional, v. 6, n. 3, set-dez/2010, p. 186-213.

BIRKNER, Walter M. K, TOMIO, Fabrício R. de L. e BAZZANELLA, Sandro Luiz. A descentralização em Santa Catarina. Revista de Administração Municipal, ano 57, n. 275, out-dez/2010.

BIRKNER, Walter M. K.; TOMIO, Fabrício R. de L. Três aspectos da política de descentralização em Santa Catarina. Revista Brasileira de Gestão e Desenvolvimento Regional, v. 7, n. 3, set-dez/2011, p.3-26.

BRANDÃO, Carlos A. Território e Desenvolvimento: as múltiplas escalas entre o local e o global. Campinas: Editora UNICAMP, 2007. 238 p.

DALLABRIDA, V. R. (Org.). Governança Territorial e Desenvolvimento: Descentralização Político-Administrativa, Estruturas Subnacionais de Gestão do Desenvolvimento e Capacidades Estatais. Rio de Janeiro: Editora Garamond, 2011. 552 p.

DALLABRIDA, et al. Gestão territorial e multiescalaridade na descentralização político-administrativa de dois Estados do Sul do Brasil. In COLÓQUIO INTERNACIONAL SOBRE PODER, 11, Salvador, 2009. [CD-Rom].

FILIPPIM, E. S.; ABRUCIO, F. L. Quando Descentralizar é Concentrar Poder: o Papel do Governo Estadual na Experiência Catarinense. RAC, Curitiba, v. 14, n. 2, mar./abr. 2010, p. 212-228.

FLEURY, Sônia. Democracia, descentralização e desenvolvimento. In FLEURY, SÔNIA Democracia, descentralização e desenvolvimento: Brasil & Espanha. Rio de Janeiro: FGV, 2006, p. 23-75.

HAESBAERT, Rogério. Região, Diversidade Territorial e Globalização. GEOGRAPHIA, Ano. 1, N. 1, 1999, p. 15-39.

THEIS, I. M. et al. O cavalo de tróia e sua barriga verde: planejamento regional e desigualdades sócio-espaciais em Santa Catarina. In ENCONTRO DA ANPUR, 13, Florianópolis (SC), 2009. Anais... Florianópolis: ANPUR, 2009.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Geographia Opportuno Tempore
UEL - Londrina
EISSN: 2358-1972
E-mail: revista.opportuno.tempore@gmail.com
REDIB