De Conan Doyle a Márcio Souza: a Amazônia ficcionalizada em "O mundo perdido" e "O fim do terceiro mundo"

Márcia Letícia Gomes, Tomás Mendes da Silva

Resumo


O Fim do Terceiro Mundo, obra do amazonense Márcio Souza, cria um ambiente metaficcional em que aborda a Amazônia e como vem sendo retratada na literatura. O narrador/autor explica que, ao ser entrevistado, contou a um jornalista que estava escrevendo a continuação do livro O Mundo Perdido, de Conan Doyle e que, após tal declaração, se sentiu na obrigação de escrever o livro. Percebem-se, na narrativa, além do enredo ficcional, diversas reflexões a respeito do processo de escritura, da convivência com as personagens, da organização do enredo, do diálogo entre diferentes textos.

Lost world II: the end of the third world, by Márcio Souza, creates a metafictional environment that shows the Amazon and her apparition on literature. The author explains that in an interview he talks about write the continuation of The lost world, by Conan Doyle, so he must write the book. In the narrative, beyond the fictional element, the reader can realize reflections about writing, characters, plot, intertextuality. 
KEYWORDS:  .


Palavras-chave


O mundo perdido; O fim do terceiro mundo; Metaficção; Intertextualidade; The lost world; Lost world II: the end of the third world; Metafiction; Intertextuality

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/1678-2054.2015v30p109

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Publicação do Programa de Pós-graduação em Letras da Universidade Estadual de Londrina.  


ISSN: 1678-2054

QUALIS - CAPES 2013-2016: Letras/Linguística: B1 ; Educação: B2

Fale conosco