Das passagens: experiência entre literatura, cinema e vídeo em "Ponto Ômega", de Don Delillo

Barbara Cristina Marques

Resumo


No contexto das reflexões a respeito das novas mídias e de sua importância na criação de objetos artísticos na contemporaneidade, em especial na interface com o objeto literário, este artigo se propõe a discutir o romance Ponto Ômega (2010), do escritor norte-americano Don DeLillo, a fim de perceber de que modo 24 Hours Psycho (1993), vídeo-instalação, de Douglas Gordon, encontra sua tradução no código literário, de modo a promover o intrincamento entre literatura, cinema e vídeo.

Within the discussions about new media and its relevance in the creation of artistic objects in the contemporaneity, specially by the interface with the literary object, this article proposes to discuss the novel Point Omega (2010), by Don DeLillo, in order to realize in which way 24 hours Psycho (1993), Douglas Gordon’s video installation, comes up with its translation to the literary code, for the purpose of promoting the liaison between literature, cinema and video. 


Palavras-chave


Ponto Ômega; Douglas Gordon; cinema; vídeo

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/1678-2054.2015v29p87

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Publicação do Programa de Pós-graduação em Letras da Universidade Estadual de Londrina.  


ISSN: 1678-2054

QUALIS - CAPES 2013-2016: Letras/Linguística: B1 ; Educação: B2

Fale conosco