Um breve inventário de (re)leituras de James Joyce e uma parada no bar sympsoniano Tom O'Flanagan em Dublin

Márcio Pereira Ribeiro, Brunilda T. Reichmann

Resumo


Este trabalho apresenta um breve inventário da influência da cultura popular na obra de James Joyce (1988-1941) e a marca que a produção do autor imprimiu, posteriormente, nas mais diversas mídias. Segundo Jonathan Goldman, os textos de Joyce são repletos de referências a entretenimentos populares. O crítico afirma, ainda, que os escritos de Joyce serviram como fonte para adaptações no cinema, no rock, na opereta e nos romances gráficos. Para ilustrar os comentários de Goldman, examinaremos o episódio Em nome do avô (E20 T14), de Os Simpsons, que tem a Irlanda como cenário, Joyce como um dos figurantes e o trajeto de Bloom, descrito em detalhes no romanceUlysses, como uma rota turística na capital irlandesa. 

This paper presents a short inventory of the influence of popular culture in the works of James Joyce (1988-1941) and the mark that his literary output imprinted, later on, in the most diverse media. According to Jonathan Goldman, Joyce’s texts are full of references to popular entertainments. The critic also affirms that Joyce’s productions are the source for film adaptations, rock songs, operettas and graphic novels. To illustrate Goldman’s critical comments, we will examine In the name of the Grandfather (E20 T14), by The Simpsons, an episode that takes place in Ireland, has Joyce as one of the cast members and Blooms’ path, described in detail in the novel Ulysses, as a tourist route in the Irish capital. 

Palavras-chave


cultura popular; releituras; popular culture; rereadings; Simpsons;

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/1678-2054.2015v29p64

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Publicação do Programa de Pós-graduação em Letras da Universidade Estadual de Londrina.  


ISSN: 1678-2054

QUALIS - CAPES 2013-2016: Letras/Linguística: B1 ; Educação: B2

Fale conosco