Pai-Raiol e Tia Balbina: negros e feiticeiros

Carlo Machado Pianta

Resumo


Este ensaio analisa a imagem dos negros feiticeiros no Brasil pré-abolição com base nos personagens Pai-Raiol (As vítimas-algozes, Joaquim Manuel de Macedo, 1869) e tia Balbina (Motta Coqueiro ou a pena de morte, José do Patrocínio, 1877). O autor faz um resumo dos livros; analisa as características dos personagens e suas diferenças entre si; e analisa a visão dos autores em função de sua base católica e a imagem geral de negros e feiticeiros em seu contexto cultural.

Palavras-chave


Negros feiticeiros; Negros escravos; Literatura brasileira século XIX

Texto completo:

PDF

Referências


ALENCASTRO, Luiz Felipe de. 1997. “Vida privada e ordem privada no Império”. Fernando A. Novais, org. História da vida privada no Brasil. São Paulo: Companhia das Letras. 2: 12-93.

ALENCASTRO, Luiz Felipe de. 2000. O trato dos viventes: formação do Brasil no Atlântico Sul. São Paulo: Companhia das Letras.

CAMÕES, Luís de. 1972. Os Lusíadas. Edição organizada por Emanuel Paulo Ramos. Porto: Porto Editora.

MACEDO, Joquim Manuel de. 1988. As vítimas-algozes: quadros da escravidão. São Paulo: Scipione.

MOREIRA, Paulo Roberto Staudt. 2008. “Adivinhações, feitiçarias e curas: os poderes naturais e sobrenaturais dos negros e a fé dos senhores de escravos (Rio Grande do

Sul/século XIX)”. Sandra J. Pesavento, Nádia M. W. Santos & M. S. Rossini, orgs. Narrativas, imagens e práticas sociais. Porto Alegre: Asterisco. 211-242.

PATROCÍNIO, José do. 1977. Motta Coqueiro ou a pena de morte. Rio de Janeiro: Francisco Alves, SEEC/RJ.

SANTIAGO, Silviano. 1977. “Desvios da ficção”. José do Patrocínio. Motta Coqueiro ou a pena de morte. Rio de Janeiro: Francisco Alves, SEEC/RJ.

SÜSSEKIND, Flora. 1988. “As vítimas-algozes e o imaginário do medo”. Joaquim Manuel de Macedo. As vítimas-algozes: quadros da escravidão. São Paulo: Scipione. xxixxxviii.




DOI: http://dx.doi.org/10.5433/1678-2054.2009v17p18

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Publicação do Programa de Pós-graduação em Letras da Universidade Estadual de Londrina.  


ISSN: 1678-2054

QUALIS - CAPES 2013-2016: Letras/Linguística: B1 ; Educação: B2

Os artigos têm Identificador de Objeto Digital (DOI). 
 
Índice de Citações dos artigosGoogle Acadêmico

a) índice h1 - (>2016) - 11
b) índice i10 - (>2016) - 10

MIAR - ICDS (2021) - 6.3

Fale conosco