A figura do intelectual afro-brasileiro nos prefácios de Úrsula, Memórias póstumas de Brás Cubas e Recordações do Escrivão Isaías Caminha

Marcelo José da Silva

Resumo


Este artigo procura demonstrar a utilização de estratégias como a dissimulação de autoria e a condição de expectador do fato narrado, empregadas no fazer literário do escritor afro-brasileiro. Os apontamentos foram baseados na análise dos prefácios de Úrsula, Memórias póstumas de Brás Cubas e Recordações do escrivão Isaías Caminha enquanto espaço paratextual e metaficcional.

Palavras-chave


Paratextos; Maria Firmina; Machado de Assis; Lima Barreto

Texto completo:

PDF

Referências


ASSIS, Machado de. 2008. Memórias póstumas de Brás Cubas. Porto Alegre: L&PM.

BARRETO, Lima. 1998. Recordações do escrivão Isaías Caminha. São Paulo: Ática.

BROOKSHAW, David. 1983. “A tradição do escritor negro”. Raça & cor na literatura brasileira. Porto Alegre: Mercado Aberto.

CANDIDO, Antonio. 2006. Formação da literatura brasileira. Rio de Janeiro: Ouro sobre Azul.

DUARTE, Eduardo de Assis. 2007. Machado de Assis afro-descendente: escritos de caramujo. Rio de Janeiro : Pallas; Belo Horizonte: Crisálida, 2007.

DUARTE, Eduardo de Assis. 2007. Literatura afro-brasileira: um conceito em construção. (mimeo). Disponibilizado pelo autor.

LOBO, Luíza. 1993. “Auto retrato de uma pioneira abolicionista”. Crítica sem juízo. Rio de Janeiro: Francisco Alves, 1993.

LOBO, Luíza. 2007. Crítica sem juízo. Rio de Janeiro: Garamond, 2007.

MAGALHÃES JÚNIOR, Raimundo. 1957. Machado de Assis e a abolição. Machado de Assis desconhecido. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1957.

MAINGUENEAU, Dominique. 1996. Pragmática para o discurso literário. São Paulo: Martins Fontes.

MUZART, Zahidé Lupinacci. 2000. Maria Firmina dos Reis. Escritoras brasileiras do século XIX. Florianópolis: Mulheres.

PRADO, Antônio Arnoni. 1980. Lima Barreto. São Paulo: Abril Educação.

REIS, Maria Firmina dos. 2004. Úrsula. Florianópolis: Mulheres; Belo Horizonte: PUC Minas.

SILVA, H. Pereira da. 1981. Lima Barreto: escritor maldito. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira. Brasília: INL.




DOI: http://dx.doi.org/10.5433/1678-2054.2009v17p56

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Publicação do Programa de Pós-graduação em Letras da Universidade Estadual de Londrina.  


ISSN: 1678-2054

QUALIS - CAPES 2013-2016: Letras/Linguística: B1 ; Educação: B2

Os artigos têm Identificador de Objeto Digital (DOI). 
 
Índice de Citações dos artigosGoogle Acadêmico

a) índice h1 - (>2016) - 11
b) índice i10 - (>2016) - 14

MIAR - ICDS (2021) - 6.3

Fale conosco