Rubem Fonseca: a representação da violência e das relacões de poder enquanto agressão ao leitor no conto “O Cobrador”

Antonio Rediver Guizzo

Resumo


Em uma linguagem concisa, contundente e perturbadora, a literatura de Rubem Fonseca procura revelar, nos menores detalhes, a violência, as diferenças econômicas, erotismo e as relações de poder surgidas nas grandes metrópoles. Nesta perspectiva, este artigo pretende analisar o conto “O cobrador”, no qual a voz do elemento marginalizado exibirá, por meio da violência, as falhas da sociedade moderna e conduzirá o leitor à incomoda reflexão sobre seus princípios, valores e leis, ora pela empatia, ora pela aversão ao indivíduo transgressor e seu discurso.

Palavras-chave


Literatura contemporânea; Violência; Poder

Texto completo:

PDF

Referências


BERGER, Peter & Thomas Luckmann. Modernidade, pluralismo e crise de sentido. Petrópolis: Vozes, 2004.

BOSI, Alfredo. Historia concisa da literatura brasileira. São Paulo: Cultrix, 1974.

CANDIDO, Antonio. A educação pela noite e outros ensaios. São Paulo: Ática, 1989.

CHAUÍ, Marilena. Convite à filosofia. São Paulo: Editora Ática, 2004.

DAMATTA, Roberto. A casa & a rua. Rio de Janeiro: Rocco, 1997.

DURAND, Gilbert. O imaginário: ensaio a cerca das ciências e da filosofia da imagem. Rio de Janeiro: Difel, 2004.

FONSECA, Rubem. O Cobrador. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1979.

GASPARI, Elio. As ilusões armadas: a ditadura escancarada. São Paulo: Cia das Letras, 2002.

KEHL, Maria Rita. Um só povo, uma só cabeça, uma só nação. In: NOVAES, Adauto (Org). Anos 70 – Televisão. Rio de Janeiro: Europa, 1979.

LUCAS, Fábio. O caráter social da literatura brasileira. São Paulo: Quirón, 1976.

PROENÇA FILHO, Domício. Pós-modernismo e literatura. 2.ed. São Paulo: Ática, 1995.

QUEIROZ, José. Deus e crenças religiosas no discurso filosófico pósmoderno: linguagem e religião. Revista de estudos da religião (São Paulo) 2 (2006): [hipertexto]. Disponível em: . Acesso em: 25 out. 2006.

RIBEIRO, Darci. O povo brasileiro: a formação e o sentido do Brasil. São Paulo: Companhia das Letras, 1995.

SANTIAGO, Silviano. Nas malhas da letra. Rio de Janeiro: Rocco, 2002.

SILVA, Deonísio da. Rubem Fonseca: proibido e consagrado. Rio de Janeiro: RelumeDumará, 1996.




DOI: http://dx.doi.org/10.5433/1678-2054.2011v21p29

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Publicação do Programa de Pós-graduação em Letras da Universidade Estadual de Londrina.  


ISSN: 1678-2054

QUALIS - CAPES 2013-2016: Letras/Linguística: B1 ; Educação: B2

Os artigos têm Identificador de Objeto Digital (DOI). 
 
Índice de Citações dos artigosGoogle Acadêmico

a) índice h1 - (>2016) - 11
b) índice i10 - (>2016) - 10

MIAR - ICDS (2021) - 6.3

Fale conosco