As estratégias narrativas em A festa, de Ivan Ângelo

Rita de Cássia Simões Martelini

Resumo


Este trabalho propõe analisar alguns procedimentos narrativos apresentados pelo romanceA festa, de Ivan Ângelo, publicado em 1976. Entre eles, destaca-se a presença do narrador-personagem ou personagem-escritor, que acentua o caráter experimental da obra, além da fragmentação do texto e o uso de anotações inseridas ao material principal do romance. A preocupação com a verossimilhança também será abordada, pois se configura em um dos objetivos da literatura dessa época.
This paper proposes to examine some narrative techniques in Ivan Ângelo's novel A festa,  published in 1976. Among them, the presence of the narrator-character or character-writer stands out emphasizing the experimental nature of the work besides the fragmentation of the text and the use of annotations inserted in the main material of the novel. Concern about the verisimilitude will also be dealt with because it sets itself as a goal of this literary period. 


Palavras-chave


procedimentos narrativos; personagem-escritor; verossimilhança; narrative techniques, character-writer, verisimilitude

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/1678-2054.2010v19p72

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Publicação do Programa de Pós-graduação em Letras da Universidade Estadual de Londrina.  


ISSN: 1678-2054

QUALIS - CAPES 2013-2016: Letras/Linguística: B1 ; Educação: B2

Fale conosco