Desrealização e alegoria na representação da tortura e da morte em "Garopaba, mon amour", de Caio Fernando Abreu

André Luiz Gomes de Jesus

Resumo


No presente artigo analisamos as relações entre a alegoria, o conceito de desrealização e o tema da morte, que, articulados, constituem uma representação da tortura no conto “Garopaba, mon amour”. Tema recorrente da literatura produzida na década de 1970, a violência é tomada, no conto em questão, como acontecimento que flagra um momento problemático da história brasileira, o contexto da ditadura militar, e, a partir da construção de uma narrativa estilhaçada/fragmentária, torna o conto um documento em que memória, trauma e vivência de choque (chokerlebnis) se articulam na constituição de um texto que pode ser lido como uma alegoria da violência.

Palavras-chave


Alegoria; Desrealização; Memória; Morte

Texto completo:

PDF

Referências


ABREU, Caio Fernando. 2007. “Garopaba, mon amour”. Pedras de Calcutá. Porto Alegre: Agir. 95-102.

BENJAMIN, Walter. 1984. Origem do drama barroco alemão. São Paulo: Brasiliense.

BENJAMIN, Walter. 1985. “Sobre o conceito de história.” Obras escolhidas I: Magia e técnica, arte e política. São Paulo: Brasiliense. 222-232.

CANDIDO, Antonio. 2000. “A nova narrativa.” A educação pela noite e outros ensaios. 3.ed. São Paulo: Ática. 199-215.

CANTINHO, M. J. O anjo melancólico. Coimbra: Angelus Novus, 2002.

DRUMMOND, Roberto. 1978. O dia em que Ernest Hemingway morreu crucificado. São Paulo: Ática.

DRUMMOND, Roberto. 1985. Sangue de coca-cola. Rio de Janeiro: Nova Fronteira.

GAGNEBIN, Jeanne Marie. 1994. História e narração em Walter Benjamin. São Paulo: Perspectiva.

ROSENFELD, Anatol. 1985. “Reflexões sobre o romance moderno.” Texto e contexto I. 4.ed. São Paulo: Perspectiva. 75-97.

SUSSEKIND, Flora. 1985. “Retratos e egos.” Literatura e vida literária. Rio de Janeiro: Zahar. 42-87.




DOI: http://dx.doi.org/10.5433/1678-2054.2010v19p50

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Publicação do Programa de Pós-graduação em Letras da Universidade Estadual de Londrina.  


ISSN: 1678-2054

QUALIS - CAPES 2013-2016: Letras/Linguística: B1 ; Educação: B2

Os artigos têm Identificador de Objeto Digital (DOI). 
 
Índice de Citações dos artigosGoogle Acadêmico

a) índice h1 - (>2016) - 11
b) índice i10 - (>2016) - 10

MIAR - ICDS (2021) - 6.3

Fale conosco