Sob a mira da autoria: embates entre gênero e sociedade

Maria Lúcia Wiltshire de Oliveira

Resumo


Ao debater a invenção do feminino no processo da modernidade, refletimos sobre a sua representação literária em conexão com a sociedade patriarcal, especialmente na narrativa oitocentista e na ficção portuguesa contemporânea. Identificamos e comparamos processos de autoria masculina na concepção de algumas personagens, como Emma Bovary, Luísa e Ludovina, Capitu, Helena Morley e Maria das Mercês. Registramos ainda estratégias discursivas na ficção contemporânea de Teolinda Gersão e Inês Pedrosa, para melhor observar se aí encontramos heroínas muito diferentes daquelas produzidas pela autoria masculina.

Palavras-chave


Modernidade; Mulher; Ficção

Texto completo:

PDF

Referências


AUERBACH, Erich. Mimesis; a representação da realidade na literatura ocidental. 4.ed. São Paulo: Perspectiva, 1998.

ARTAUD, Antonin. Os escritos de Antonin Artaud. Trad. Prefácio, seleção e notas de Cláudio Willer. Porto Alegre: L &PM Editores Ltda, 1983.

BIRMAN, Joel. Gramáticas do erotismo; a feminilidade e as suas formas de subjetivação em psicanálise. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2001.

BOURDIEU, Pierre. A dominação masculina. 3. ed. , Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2003.

FLAUBERT, Gustave. Madame Bovary. Porto Alegre: L&PM, 2003.

GERSÃO, Teolinda. O silêncio. 3. ed. Lisboa: O Jornal, 1984.

GERSÃO, Teolinda. Cavalo de sol. Lisboa, Publicações Dom Quixote, 1989.

GUIDDENS, Anthony. Modernidade e identidade. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Editor, 2002.

MACHADO DE ASSIS, J.M. Dom Casmurro. São Paulo: Editora Ática, 2001.

MORLEY, Helena. Minha vida de menina. São Paulo: Companhia das Letras, 1998.

NUNES, Silvia Alexim. O corpo do diabo entre a cruz e a caldeirinha; um estudo sobre a mulher, o masoquismo e a feminilidade. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2000.

PEDROSA, Inês. Nas tuas mãos. São Paulo: Editora Planeta do Brasil, 2005.

PIRES, José Cardoso. O Delfim. 2. ed., Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1983.

QUEIRÓS, Eça de. O primo Basílio. Rio de Janeiro: Record, 1988.

QUEIRÓS, Eça de.Alves & Cia. Lisboa: Imprensa Nacional-Casa da Moeda, 1994.

SCHWARZ, Roberto. Duas meninas. São Paulo: Editora Schwarz, 1997.

SENNET, Richard. O declínio do homem público; as tiranias da intimidade. São Paulo: Companhia das Letras, 1988.




DOI: http://dx.doi.org/10.5433/1678-2054.2008v13p38

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Publicação do Programa de Pós-graduação em Letras da Universidade Estadual de Londrina.  


ISSN: 1678-2054

QUALIS - CAPES 2013-2016: Letras/Linguística: B1 ; Educação: B2

Os artigos têm Identificador de Objeto Digital (DOI). 
 
Índice de Citações dos artigosGoogle Acadêmico

a) índice h1 - (>2016) - 11
b) índice i10 - (>2016) - 10

MIAR - ICDS (2021) - 6.3

Fale conosco