"A Senhora do Galvão" eliminou a mulher: a duplicidade feminina em um conto de Machado de Assis

Jaison Luís Crestani

Resumo


O conto “O espelho” (1882) apresenta o “esboço de uma nova teoria da alma humana”, em que se propõe a divisão da alma em exterior e interior. Rearticulando essa teoria no conto “A senhora do Galvão” (1884), o narrador machadiano explora a duplicidade da figura feminina, Maria Olímpia, que se apresenta dividida entre a sua função social e a sua individualidade humana. Assim como o alferes eliminou o homem, pretende-se analisar, por meio deste trabalho, o modo como a “senhora do Galvão” – papel social – vai subjugando o indivíduo a ponto de eliminar a mulher Maria Olímpia.

Palavras-chave


Machado de Assis; Contos; Personagens femininas

Texto completo:

PDF

Referências


ASSIS, J. M. M. de. Contos: uma antologia / Machado de Assis. Seleção, introdução e notas de John Gledson. São Paulo: Companhia das Letras, 1998. v.2.

ASSIS, J. M. M. de. Contos fluminenses. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira; Brasília: INL, 1975 (Edições críticas de obras de Machado de Assis – v. 1).

ASSIS, J. M. M. de. Memórias póstumas de Brás Cubas; Dom Casmurro. São Paulo: Abril Cultural, 1978.

BOSI, A. Machado de Assis: o enigma do olhar. 2ª impressão. São Paulo: Ática, 2000.

GUÉRIOS, R. F. M. Dicionário Etimológico de Nomes e Sobrenomes. São Paulo: Ave Maria Ltda., 1981.

NUNES, B. O tempo na narrativa. 2. ed. São Paulo: Ática, 2000 (Série Fundamentos).




DOI: http://dx.doi.org/10.5433/1678-2054.2008v13p4

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Publicação do Programa de Pós-graduação em Letras da Universidade Estadual de Londrina.  


ISSN: 1678-2054

QUALIS - CAPES 2013-2016: Letras/Linguística: B1 ; Educação: B2

Os artigos têm Identificador de Objeto Digital (DOI). 
 
Índice de Citações dos artigosGoogle Acadêmico

a) índice h1 - (>2016) - 11
b) índice i10 - (>2016) - 14

MIAR - ICDS (2021) - 6.3

Fale conosco