Fronteira: (Re) Descobrindo a História

Cristina Francisca de Carvalho Porto

Resumo


Breve discussão sobre a colaboração entre a Literatura e a História, tendo como base o romance Fronteira (1935), de Cornelio Penna. Tal discussão está centralizada em três tópicos: o fato histórico, como elemento da estrutura do romance, permitindo situar o tempo em que se passa a estória narrada; o romance resgatando a história da cidade mineira Itabira, retratando a época de prosperidade e decadência daqueles que exploraram as riquezas naturais da região; e, a década de 30, período político conturbado de nosso país, o que influenciou a carreira do escritor em questão, envolvido com os tumultos políticos, sofrendo assim as conseqüências desse envolvimento.

Palavras-chave


literatura; história; Cornelio Penna

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/1678-2054.2004v4p53

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Publicação do Programa de Pós-graduação em Letras da Universidade Estadual de Londrina.  


ISSN: 1678-2054

QUALIS - CAPES 2013-2016: Letras/Linguística: B1 ; Educação: B2

Os artigos têm Identificador de Objeto Digital (DOI). 
 
Índice de Citações dos artigosGoogle Acadêmico

a) índice h1 - (>2016) - 11
b) índice i10 - (>2016) - 10

MIAR - ICDS (2021) - 6.3

Fale conosco