Crítica à Invenção do Brasil: paisagem, identidade, literatura

Carmem Lúcia Negreiros de Figueiredo

Resumo


O trabalho discute a crítica feita por Lima Barreto, Augusto dos Anjos, Pedro Kilkerry, Euclides da Cunha à tradição - romântica e naturalista - produtora dos conceitos de paisagem e identidade. Na medida em que expõem os bastidores da construção do país e da paisagem, a poesia e prosa, do início do século XX , reinventam a literatura mantendo a linguagem sob suspeita.

Palavras-chave


paisagem; identidade; literatura brasileira anos 10-20

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/1678-2054.2002v2p26

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Publicação do Programa de Pós-graduação em Letras da Universidade Estadual de Londrina.  


ISSN: 1678-2054

QUALIS - CAPES 2013-2016: Letras/Linguística: B1 ; Educação: B2

Fale conosco