Políticas Editoriais

Foco e Escopo

Terra Roxa e Outras Terras: Revista de Estudos Literários é uma publicação do Programa de Pós-graduação em Letras da Universidade Estadual de Londrina

Seu título é uma homenagem à revista modernista homônima.

A revista busca  acolher e divulgar estudos críticos, entrevistas e resenhas na área de Estudos Literários. Os artigos devem trazer contribuição relevante para o conhecimento científico e o debate crítico na área de Estudos Literários. As entrevistas se destinam à discussão de um problema relevante com um especialista, e as resenhas à divulgação e apreciação crítica de livros publicados recentemente na área de Estudos Literários. As entrevistas e as resenhas são feitas por professores/pesquisadores convidados pela Comissão Editorial.

Os originais podem ser apresentados em português, inglês, francês ou espanhol (nas línguas estrangeiras, o autor deve ser falante nativo). Nenhuma taxa é cobrada para submissão ou publicação de artigos nem para a leitura de artigos publicados.

A Comissão Editorial reserva o direito de publicar artigos de convidados, desde que renomados em sua área de atuação.

 

Políticas de Seção

Expediente e Apresentação

Não verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Artigos

Política padrão de seção

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Resenhas

Não verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Vária

Não verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares
 

Processo de Avaliação pelos Pares

  • Todos os textos submetidos à revista, sem exceção, serão avaliados por pareceristas externos ao Conselho Editorial e à Comissão Editorial (dois no mínimo), mantido o anonimato mútuo ou o duplo cego. 
  • Os pareceristas são selecionados em conformidade com sua especialidade, a partir de análise de seus currículos na base Lattes. 
  • Material submetido por autor vinculado a uma instituição não poderá ser avaliado por parecerista vinculado a mesma instituição (artigo da Unicamp não pode ser avaliado por parecerista vinculado à Unicamp, por exemplo).

 

Periodicidade

São publicados, no mínimo, dois volumes anualmente.

O formato de cada volume preserva, pelo menos, setenta e cinco por cento de seu espaço para contribuições externas ao Programa de Pós-graduação em Letras da UEL, observado que oitenta por cento da revista será ocupado por artigos de autores vinculados a PPGs credenciados pela CAPES.


 

Política de Acesso Livre

Esta revista oferece acesso livre imediato ao seu conteúdo, seguindo o princípio de que disponibilizar gratuitamente o conhecimento científico ao público proporciona maior democratização mundial do conhecimento.

 

Arquivamento

Esta revista utiliza o sistema LOCKSS para criar um sistema de arquivo distribuído entre as bibliotecas participantes e permite às mesmas criar arquivos permanentes da revista para a preservação e restauração. Saiba mais...

 

Conselho Editorial

Affonso Romano de Sant'Anna (UFRJ)
Alckmar dos Santos (UFSC)
Armando Gens (UERJ)
Darlene Sadlier (Indiana University - Bloomington)
Eduardo Coutinho (UFRJ)
Hélder Garmes (USP)
Lélia Parreira Duarte (PUC-MG)
Letizia Zini Antunes (UNESP-Assis)
Lucia Helena (UFF)
Luiz Roberto Cairo (UNESP-Assis)
Maria Consuelo Cunha (UERJ)
Orna Messer Levin (UNICAMP)
Paulo Bezerra (USP/UFF)
Paulo Motta Oliveira (USP)
Paulo Soethe (UFPR)
Purnima Bose (Indiana University - Bloomington) 
Robert John Oakley (University of Birmingham)
Thomas Beebee (Penn State University)

 

Comissão Editorial

Prof. Dr. Alamir Aquino Corrêa (Presidente)
Prof.ª Dr.ª Claudia Carmardella Rio Doce
Prof.ª Dr.ª Barbara Cristina Marques

 

Diretrizes éticas de publicação

A revista Terra Roxa e Outras Terras: Revista de Estudos Literários tem o compromisso de se manter alinhada com as diretrizes estipuladas pela Comissão de Integridade na Atividade Científica do CNPq (http://www.cnpq.br/web/guest/diretrizes) e as recomendações de ética em publicação para autores, editores e avaliadores do Committee on Publication Ethics – COPE (http://publicationethics.org/).

Os editores investirão esforços na prevenção de más-práticas e comportamentos antiéticos na publicação de artigos, não tolerando qualquer tipo de plágio.  

  1. Ao submeterem artigos à revista, os autores declaram automaticamente que os conteúdos dos artigos são originais (textos já publicados em teses ou dissertações disponíveis em linha não serão aceitos). Declaram, ainda, que o artigo não foi publicado, completo ou incompleto, em língua portuguesa ou em outra língua, nem foi submetido a outro periódico simultaneamente. Além disso, comprometem-se a informar à revista quando detectarem algum erro ou imprecisão em seu trabalho (publicado, em avaliação ou em editoração) e a colaborar com os editores para que seja feita a devida retratação ou correção do artigo.   
  2. Os editores e pareceristas comprometem-se a avaliar os trabalhos submetidos à revista de forma objetiva e por seu conteúdo intelectual, sem discriminação de raça, gênero, orientação sexual, religião, origem geográfica ou pensamento político. Comprometem-se também a tratar de forma confidencial as colaborações dos autores enquanto estiverem sob avaliação e caso o trabalho seja recusado.  Os trabalhos serão objeto de avaliação ou discussão com terceiros unicamente por autorização dos editores da revista.
  3. Quando os avaliadores identificarem que o trabalho submetido apresenta conteúdo relevante publicado anteriormente – pelo autor ou por terceiros, quer sejam afirmações, argumentos ou reprodução de trechos –, devem informar diretamente aos editores e os autores deverão providenciar que tais conteúdos venham sempre acompanhados da respectiva remissiva bibliográfica, indicando sua origem. Da mesma forma, quando houver semelhança substancial ou indício de que o artigo em avaliação já tenha sido publicado em outro meio, os avaliadores devem alertar os editores de que o artigo fere os princípios éticos da revista.
  4. Quaisquer desvios e outros casos não previstos nessa declaração devem ser informados à editora-chefe da revista, que tomará as providências cabíveis para sanar o problema apresentado.

 

Diretrizes de avaliação

As colaborações submetidas são avaliadas, primeiramente, quanto ao seu caráter científico e seu alinhamento em relação às diretrizes aos autores, ao foco e ao escopo da revista, sob a responsabilidade da Comissão Editorial e editores convidados (quando for o caso). Descumprimento das diretrizes formais ou desvinculação em relação tema são motivos para recusa in limine, sem oportunidade de retificação do material enviado para a chamada em tela. 

Caso seja verificada a pertinência, a avaliação prossegue, no sistema de revisão por pares duplo-cego, a cargo dos pareceristas ad hoc (externos ao Conselho Editorial e à Comissão Editorial) – especialistas designados em função do tema do artigo –, e considera, primordialmente, os seguintes aspectos:

  • importância do problema
  • contribuição aos estudos da área
  • atualidade do tema
  • respeito ao estado da arte
  • originalidade do conteúdo
  • domínio do contexto da discussão
  • fundamentação teórica
  • clareza de objetivos
  • coerência e pertinência da argumentação
  • estrutura e organização do texto
  • linguagem e qualidade da redação
  • relação entre o resumo e o artigo
  • adequação de palavras-chave
  • consistência da bibliografia utilizada
  • atualidade da bibliografia utilizada

Os editores, por sua vez, a partir das considerações feitas pelos pareceristas externos (no mínimo dois, um terceiro em caso de ser necessário o desempate), verificam a fidelidade do parecer em relação ao artigo proposto para, então, deliberarem a respeito da publicação do artigo.

O processo de avaliação, a iniciar a partir da data limite de submissão de cada chamada, até a decisão final quanto à publicação dura em média 5 (cinco) meses, a depender do volume de artigos em avaliação e da disponibilidade de pareceristas.

 

Participação de autores externos à instituição

O formato de cada volume preserva pelo menos setenta e cinco por cento de seu espaço para contribuições externas ao Programa de Pós-graduação em Letras da UEL e oitenta por cento da revista será ocupado por artigos de autores vinculados a PPGs credenciados pela CAPES.

 

Chamadas abertas

Volumes com chamadas abertas: 

Não há chamadas.