O Serviço Social e prática pedagógica: a arte como instrumento de intervenção social

Débora Guimarães da Conceição

Resumo


Este artigo discute a possibilidade e a potencialidade da arte como instrumento que colabore para uma prática pedagógica crítica e criativa do assistente social, evidenciando o potencial educador da arte como meio para consolidação desta ação. Para isso, são abordados os diferentes sentidos e conotações que a educação pode vir a ter em meio à disputa hegemônica. A discussão abrange o estudo da contribuição do Serviço Social na criação de consensos na sociedade em torno de interesses das classes fundamentais , que pode reforçar a hegemonia vigente ou criar uma contra -hegemonia no cenário da vida social. A potencialidade da arte somada à dimensão pedagógica do Serviço Social, quando construída num sentido de transformação e emancipação dos usuários, pode contribuir para a informação e a promoção de sujeitos mais questionadores da realidade social.

Palavras-chave


Prática pedagógica; Assistente social; arte; Emancipação.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/1679-4842.2010v12n2p50



Serviço Social em Revista

E-ISSN: 1679-4842

E-mail: ssrevista@uel.br