Habitação de Interesse Social em Porto Alegre – Um estudo retrospectivo das políticas municipais cotejado com a implementação do Programa Minha Casa Minha Vida

Marcos Pereira Diligenti, Idilia Fernandes, Tiago de Campos

Resumo


As políticas públicas na área da Habitação de Interesse Social no Brasil, foram significativamente intensificadas com a implementação do Programa Minha Casa Minha Vida (MCMV) em nível federal, a partir de março de 2009. Os resultados quantitativos na produção de moradias foram substanciais, no entanto, faz-se necessária uma análise crítica do Programa no que diz respeito à produção de cidades. O objetivo deste artigo é estabelecer um cotejamento das políticas até então adotadas, com foco na Cidade de Porto Alegre, para verificar se a posterior centralização dos recursos federais foi o caminho mais acertado para a desejável promoção de cidades inclusivas, participativas e democráticas.

Palavras-chave


Programa MCMV; Políticas públicas municipais em Porto Alegre; Cidades inclusivas; Direitos humanos; COMATHAB

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/1679-4842.2017v20n1p5

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Sem derivações 4.0 Internacional.

Serviço Social em Revista

E-ISSN: 1679-4842

E-mail: ssrevista@uel.br