As práticas do Assistente Social e sua articulação com a Equipe de Saúde de um Hospital de Curitiba

Patricia Regina Hella Xavier, Stella Maris Brum Lopes

Resumo


Este artigo apresenta um estudo que buscou reconhecer as práticas dos Assistentes Sociais junto à equipe de saúde de um Hospital de Curitiba e sua articulação com o projeto ético-político da profissão. Realizou-se uma análise numa perspectiva sócio-histórica dialética, constituída pela triangulação de dados, utilizando-se de três fontes: as entrevistas realizadas, os documentos do Conselho Federal de Serviço Social (CFESS) e do Serviço Social do Hospital, e levantamento bibliográfico do Serviço Social. Quanto às análises aqui introduzidas, foi possível apurar uma extensão da discussão entre as práticas e o projeto ético-político da profissão, tendo em vista o interesse pelo assunto por parte dos assistentes sociais.


Palavras-chave


Serviço Social; Prática Profissional; Política de Saúde.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/1679-4842.2016v18n2p132

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Sem derivações 4.0 Internacional.

Serviço Social em Revista

E-ISSN: 1679-4842

E-mail: ssrevista@uel.br