Vulnerabilidade social, abordagem territorial e proteção na Política de Assistência Social

Jolinda de Moraes Alves, Priscila Semzezem

Resumo


Este artigo tem como objetivo aprofundar o conceito de vulnerabilidade social em territórios aos quais se destina a função protetiva da política de assistência social prevista na PNAS/2004. Explica como a proteção social não contributiva garantida pela Política de Assistência Social se ocupa das vulnerabilidades e riscos que o indivíduo ou famílias enfrentam na trajetória de seu ciclo de vida, por decorrência de imposições sociais, econômicas e políticas e de ofensas à dignidade humana. Demonstra que a proteção afirmada pela assistência social não se restringe às condições de pobreza, mas afiança seguranças sociais por meio dos serviços, benefícios, programas e projetos socioassistenciais e que as vulnerabilidades sociais podem ser agravadas em territórios onde inexistem os equipamentos públicos de acesso aos direitos socioassistenciais.

 


Palavras-chave


Vulnerabilidade Social; Proteção Social; Assistência Social.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/1679-4842.2013v16n1p143



Serviço Social em Revista

E-ISSN: 1679-4842

E-mail: ssrevista@uel.br