A universidade, a educação social e a formação do socieducador

Irandi Pereira, Rosa Elisa Mirra Barone

Resumo


O artigo discute as relações entre a universidade e a socioeducação e seus desdobramentos na formação do socioeducador com apoio na concepção de uma educação vinculada aos direitos coletivos. Destaca as relações entre teoria e as ações da educação social, a formação continuada do socioeducador, a partir de três eixos: aspectos do ensino superior no Brasil, o chamamento à educação de caráter mais geral frente às demandas decorrentes do contexto contemporâneo, no qual a educação formal, em seus diferentes níveis, não consegue atender às solicitações de crianças, jovens e adultos das camadas populares e, ainda, os requerimentos necessários à formação continuada do socioeducador. As leituras mostraram que o debate é insuficiente diante das experiências de socioeducação realizadas nos cenários internacional e nacional. Há um campo a ser efetivamente constituído

Palavras-chave


Universidade; educação social, formação do socioeducador

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/1679-4842.2012v15n1p05



Serviço Social em Revista

E-ISSN: 1679-4842

E-mail: ssrevista@uel.br