Cuidadores domiciliares: uma demanda para a ação profissional dos assistentes sociais

Vini Rabassa da Silva, Lenara Lamas Stelmake

Resumo


Este trabalho problematiza as mudanças provocadas pelo Programa de Cuidado Domiciliar no Brasil, com especial atenção no cuidador, buscando evidenciar que as repercussões produzidas em sua vida podem gerar um adoecimento agravado pela desassistência. Destaca, ainda, a necessidade de os cuidadores receberem um acompanhamento profissional, indicando algumas propostas para a ação profissional dos assistentes sociais.


Palavras-chave


Cuidado domiciliar. Família. Desassistência ao cuidador. Ação profissional do assistente social.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/1679-4842.2012v14n2p145



Serviço Social em Revista

E-ISSN: 1679-4842

E-mail: ssrevista@uel.br