Terapia fonoaudiológica mediada pela noção de gêneros do discurso: (res)significando histórias de ler e de escrever

Rita Fernandes Signor

Resumo


O objetivo deste artigo é apresentar parte de uma pesquisa em que analisamos a contribuição da teoria de gêneros do discurso de Bakhtin (2003) para o desenvolvimento de competências em leitura e escrita. Para tanto, elaboramos uma abordagem terapêutica e a aplicamos em uma situação de terapia em grupo. Neste trabalho apresentamos parte da interlocução com um dos sujeitos do grupo, em processo de escrita em um dos gêneros selecionados para o processo terapêutico: o gênero peça de teatro.


Palavras-chave


Leitura e escrita; Terapia fonoaudiológica; Gênero peça de teatro.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/2237-4876.2011v14n2p333



Signum: Estudos da Linguagem
Telefone: (43) 3371-4428
E-mail: signum@uel.br
ISSN: 2237-4876