“Onde está a minha contribuição aqui?” Identidade e representações de uma professora de inglês

Maria Inêz Probst Lucena, Angeles Clemente

Resumo


Esse artigo busca discutir as percepções de uma professora de Inglês acerca do estágio curricular no contexto da Educação Básica. Guiado pela prática de auto-reflexão e reflexão conjunta, este estudo foca no lado conflituoso das práticas interpessoais entre professora da casa (escola) e estagiários. Os dados gerados fazem parte de um projeto etnográfico amplo sobre as culturas de aprendizagens na formação de professores de inglês na UFSC. A análise é feita à luz das representações da professora acerca do ensino de Inglês e de suas experiências com alguns estagiários. A partir dessa análise, apresentamos um resumo dos resultados e uma conexão com assuntos essenciais no campo da formação de professores de línguas.


Palavras-chave


Formação de professores; Ensino de linguas; Estágio curricular

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/2237-4876.2011v14n1p321



Signum: Estudos da Linguagem
Telefone: (43) 3371-4428
E-mail: signum@uel.br
ISSN: 2237-4876