Uma proposta descritiva dos usos dos verbos ser e estar em português língua materna voltada para o ensino de PL2E

Bruno Andrade Rodrigues

Resumo


Este trabalho visa à exposição de um modelo de análise dos usos dos verbos ser e estar em predicações simples, articulados a sintagmas preposicionados (SP) em português língua materna, que forneça subsídios ao ensino de PL2E. Embora entendamos tais verbos como predicadores e, portanto, núcleo oracional, sua significação é construída na relação com o sintagma preposicionado que lhes é adjacente. Tais sintagmas cumprem a função de definidor semântico.

 


Palavras-chave


predicador; definidor semântico; predicação

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/2237-4876.2011v14n2p283



Signum: Estudos da Linguagem
Telefone: (43) 3371-4428
E-mail: signum@uel.br
ISSN: 2237-4876