Leitura e ensino de leitura e o professor de língua portuguesa em formação: um estudo sobre crenças

Letícia Fraga, Ieda Martins Lourenço

Resumo


Este trabalho tem como foco investigar, por meio de uma pesquisa qualitativa, as concepções e crenças que os professores participantes da pesquisa, que atuam no Ensino Fundamental e Médio em cidades do interior do Paraná, manifestam sobre leitura e ensino de leitura. No referencial teórico da pesquisa, discutimos a noção de letramento, a concepção de leitura numa visão sociointeracionista (SOARES, 1998; KLEIMAN, 1989, 1995, 2004) e algumas definições de crenças (PAJARES, 1992; SILVA, 2005, BARCELOS, 2004, 2003, 2001). Como resultados gerais, por meio desta pesquisa podemos apontar que os professores-participantes manifestam várias crenças sobre leitura e ensino de leitura, dentre as quais a de que para ser um bom leitor, é preciso ler muito e com frequência; e que “escrever e falar bem” são características de um aluno que é bom leitor.


Palavras-chave


Crenças; Leitura; Ensino de leitura

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/2237-4876.2011v14n1p249



Signum: Estudos da Linguagem
Telefone: (43) 3371-4428
E-mail: signum@uel.br
ISSN: 2237-4876