A transitividade em reportagens sobre o voo AF 447

Michelle de Abreu Aio

Resumo


Ao considerarmos a linguagem como sistema modelador, admitimos seu caráter de construtora de significados do mundo que nos cerca, e a ela atribuímos o papel de instrumento com o qual representamos o mundo. Sendo a linguagem a principal ferramenta na atividade jornalística, pretendemos analisar, por meio do Sistema da Transitividade, dentro da lingüística sistêmico-funcional, reportagens acerca da queda do Airbus 330 da companhia Air France, ocorrido em 1º de junho de 2009. Os textos provém de revistas brasileiras (Veja, IstoÉ) e portuguesas (Visão, Sábado), e servirão para analisarmos as diferenças de enfoque sobre um mesmo fato.



Palavras-chave


Linguagem; Transitividade; Jornalismo.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/2237-4876.2010v13n2p31



Signum: Estudos da Linguagem
Telefone: (43) 3371-4428
E-mail: signum@uel.br
ISSN: 2237-4876