Plurietnias: situações enunciativas sócio-culturais e

Clarice Nadir von Borstel

Resumo


Este estudo trata da noção de enunciação e hibridismo cultural em pesquisas voltadas para as complexas relações da comunicação verbal (oral e escrita) quando da transferência lingüística psico-sócio-cultural do usuário em interações comunicativas em comunidades pluriétnicas. Os discursos multilíngües, enquanto enunciações orais, não surgem in vácuo, mas são produzidos e partilhados pelos usuários em situações específicas de interação comunicativa de um ou mais códigos lingüísticos em um contexto social de comunidades de línguas em contato. Ao interagir com outrem, o falante se empenha em usar enunciação sócio-cultural e pragmático em um ato de narrar, de afirmar ou prevenir o interlocutor sobre um determinado fato ou coisa. Com base nestas colocações, mostrar-se-á as alternâncias de código e os traços dialetais orais, transferidos para as produções escritas institucionalizadas em usuários de comunidades de imigrantes e seus descendentes do extremo oeste do Paraná.

 


Palavras-chave


Línguas em contato; Gêneros do Discurso;Transferências linguísticas.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/2237-4876.2003v6n2p55



Signum: Estudos da Linguagem
Telefone: (43) 3371-4428
E-mail: signum@uel.br
ISSN: 2237-4876