Influência das crenças pessoais do professor de língua estrangeira na sua prática pedagógica

Ludoviko dos Santos, Maria Izabel R. Tognato

Resumo


Muitos educadores têm desenvolvido pesquisas, projetos, teses, dissertações sobre o processo de ensino-aprendizagem analisando as atitudes didático-pedagógicas do professor e os requisitos necessários à docência. Contudo, o que se tem observado é que as pesquisas, geralmente, são direcionadas à formação profissional do professor, ou seja, o que deveria ser considerado ou valorizado no conjunto de conhecimentos de quem ensina. Trata-se de um quadro comum que tem mostrado discussões sobre os conhecimentos teóricos do professor e sua relação com o contexto de sala de aula, visando compreender melhor o processo de ensino e aprendizagem. Tal quadro, que aborda o saber do professor e/ou o contexto escolar não tem levado a mudanças relevantes de práticas pedagógicas inadequadas.

 


Palavras-chave


Crenças; Professor de língua estrangeira; Saber do professor.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/2237-4876.2000v3n1p141



Signum: Estudos da Linguagem
Telefone: (43) 3371-4428
E-mail: signum@uel.br
ISSN: 2237-4876