Coesão e discurso: alguns recortes de fábulas

João Carlos Cattelan, Luciane Thomé Schröder, Rita Maria Decarli Bottega

Resumo


Considerada como o processo de criação da tessitura textual e como responsável pelas redes de entrelaçamento entre as partes componentes do texto, operação que é feita por meio de elos que relacionam os constituintes da materialidade textual, a coesão remete ao fato de que o leitor deve levar em conta a relação entre tais elementos para obter a compreensão do texto. Se a linguagem for concebida (como deve ser) como forma de interação entre os protagonistas do discurso, nos mecanismos de coesão usados, a imagem que o autor faz do leitor e questões relativas ao imaginário cultural de um grupo social podem ser detectadas. É, pois, do ponto de vista discursivo que este estudo analisa recursos de coesão textual em recortes de fábulas, buscando verificar que forma de representação revelam em relação ao seu leitor modelo (a criança).


Palavras-chave


Coesão; Discurso; Cultura.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/2237-4876.2007v10n2p159



Signum: Estudos da Linguagem
Telefone: (43) 3371-4428
E-mail: signum@uel.br
ISSN: 2237-4876