Las formas de tratamiento en el español peninsular: un estudio diacrónico

Irene Maria Ferreira Blayer

Resumo


Ao revisar as gramáticas ou textos que tratam sobre as formas pronominais de tratamento achamos que estes se concentram principalmente em propor definições teóricas que em alguns casos são extremamente generalistas, por não dizer que são extremamente vagos. Por outro lado, as opiniões e pesquisas sobre as aplicações das formas de tratamento, nos séculos passados, concentram-se mais em um aspecto parcial sem que mencionem a prioridade das formas pronominais ou dos empregos concretos e relativos que podem justificar os resultados obtidos. Além disso, as explicações da função pronominal fundamenta-se às vezes nas interpretações nas interpretações impressionistas de exemplos selecionados propositalmente.

Palavras-chave


Formas de tratamento; Estudo diacrônico; Espanhol.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/2237-4876.2001v4n1p27



Signum: Estudos da Linguagem
Telefone: (43) 3371-4428
E-mail: signum@uel.br
ISSN: 2237-4876