Do nosso cotidiano ou do cotidiano da gente? Um estudo da alternância nós/a gente no português do Maranhão

Conceição de Maria de Araujo Ramos, José de Ribamar Mendes Bezerra, Maria de Fátima Sopas Rocha

Resumo


Abordam-se questões concernentes à variação linguística, objetivando examinar como está se dando a alternância da forma do pronome pessoal de primeira pessoa do plural – nós – e a forma, originalmente, do substantivo coletivo – a gente –, com base em dados do português falado no Maranhão. Investiga-se tanto o encaixamento da forma a gente no subsistema dos pronomes pessoais – quer seja na função de sujeito, quer seja na função de complemento ou de adjunto, pressionando as formas nós, nos e conosco – como no subsistema dos possessivos, em competição com nosso/nossa. 


Palavras-chave


Variação linguística; Português falado no Maranhão; Sistema pronominal.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/2237-4876.2009v12n1p279



Signum: Estudos da Linguagem
Telefone: (43) 3371-4428
E-mail: signum@uel.br
ISSN: 2237-4876