Determinação da Taxa de Relaxação de Vocábulos em um Processo de Relaxação Exponencial nas Línguas Indígenas da Família Pano

Lincoln Almir Amarante Ribeiro

Resumo


No presente artigo, apresentamos um estudo da evolução do vocabulário de línguas indígenas da família Pano. Para tanto, adotamos um modelo de relaxação exponencial com  taxas de relaxação diferentes para cada um dos significados de palavras comparadas entre pares (aleatórios) de línguas dessa família, ou seja, calculamos a contribuição individual de cada significado na estimativa do tempo de separação das línguas. Na oportunidade, discutimos também a conexão deste procedimento com o método glotocronológico de Swadesh (1950).


Palavras-chave


Lingüística Histórica; Léxico-Estatística; Línguas Indígenas; Línguas Pano.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/2237-4876.2004v7n2p205



Signum: Estudos da Linguagem
Telefone: (43) 3371-4428
E-mail: signum@uel.br
ISSN: 2237-4876