Os róticos no sul do Brasil: panorama e generalizações

Claudia Brescancini, Valéria Neto de Oliveira Monaretto

Resumo


As pesquisas realizadas com dados de fala do Projeto VARSUL indicam que a variável vibrante está condicionada principalmente pelo grupo geográfico e pela posição que ocupa na sílaba. O que se observa, em todas as pesquisas, é a presença de variantes anteriores (vibrantes e fricativas), tanto em posição de ataque como em coda. Este trabalho propõe esboçar resultados dessas pesquisas e examinar a possibilidade de comparação e generalização de tais resultados. Questões metodológicas, tendo por base o modelo de Labov (1994), serão reexaminadas na tentativa de se extrair regularidades e tendências.


Palavras-chave


Róticos no Sul do Brasil; Vibrante no Varsul.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/2237-4876.2008v11n2p



Signum: Estudos da Linguagem
Telefone: (43) 3371-4428
E-mail: signum@uel.br
ISSN: 2237-4876