Uma análise da variação lexical na galícia e na Bahia: Denominações para ‘calvo’

Marcela Moura Torres Paim, Cezar Alexandre Neri Santos

Resumo


Este trabalho insere-se na perspectiva de investigação lexical, constituindo uma análise da variação semântico-lexical nas áreas galega e baiana e traz como benefício mais latente a comparação de dados em Português Brasileiro e em Galego, línguas cognatas no âmbito da genealogia linguística. Assim, no que concerne à Galícia, será analisado o Atlas Lingüístico Galego (BLANCO; GARCIA; FERNÁNDEZ, 2005) e, no que diz respeito ao Brasil, serão analisados os dados da Bahia, registrados no Atlas Lingüístico de Sergipe (FERREIRA et alii, 1987). Objetiva-se examinar as realizações linguísticas para 'calvo' em dois vieses: i) semântico, dispõe as raízes motivadoras para a formação do nome no plano paradigmático da língua, entendendo a seleção linguística como um ato político-cultural; ii) lexicográfico, verifica a dicionarização, ou não, das formas inscritas na carta, por meio de dicionários históricos, etimológicos e de língua latina, bem como se tais marcações lexicográficas apresentam significados referentes à calvície. Pretende-se, então, nos atlas em questão, verificar o tipo de relação que se pode estabelecer entre o léxico galego e baiano quanto às denominações que preenchem o conceito selecionado.


Palavras-chave


calvo; Bahia; Galícia.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/2237-4876.2016v19n2p284



Signum: Estudos da Linguagem
Telefone: (43) 3371-4428
E-mail: signum@uel.br
ISSN: 2237-4876