Variação da ordem sv/vs em verbos inacusativos e inergativos: um estudo focado na escrita formal da região de Lages no estado de Santa Catarina

Laiza Sena, Felício Wessling Margotti

Resumo


Este estudo investiga a variação da ordem SV/VS em sentenças declarativas contendo verbos inacusativos e inergativos. Neste trabalho, foram utilizadas cartas do leitor de jornais do município de Lages – Estado de Santa Catarina, Brasil – dos séculos XIX e XX, extraídas do banco do projeto de pesquisa Para a História do Português Brasileiro (PHPB). Tal investigação se fundamenta na sociolinguística variacionista (cf. Labov, 1972; 1994) e na pesquisa empírica e descritiva do comportamento sintático e semântico dos verbos inacusativos realizada por Ciríaco e Cançado (2006) para os verbos inergativos e inacusativos. A pesquisa utiliza a classificação prototípica proposta pelas autoras para o estudo com esses verbos e o estudo de Coelho (2000) e Coelho et al. (2006). Os resultados encontrados indicam que a posposição do sujeito é favorecida quando temos verbos inacusativos. Observamos, ainda, que a ocorrência de posposição do sujeito no século XX aumentou em relação àquela do século XIX.

Palavras-chave


variação; inacusativos; inergativos

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/2237-4876.2016v19n2p260



Signum: Estudos da Linguagem
Telefone: (43) 3371-4428
E-mail: signum@uel.br
ISSN: 2237-4876