A formação do Professor de Línguas de uma Perspectiva Sociocultural

Maria Helena Vieira Abrahão

Resumo


Resumo: Com o desenvolvimento de estudos sobre cognição e o reconhecimento de que as experiências prévias dos professores, o conhecimento adquirido em cursos de formação e as experiências de sala de aula em diferentes contextos moldam as maneiras como os docentes pensam e constroem suas práticas, os programas de formação de professores  passam a ver, de uma perspectiva sociocultural, a aprendizagem docente como um processo dialógico de coconstrução de conhecimentos que é situado e emerge da participação em práticas e contextos socioculturais. Considerando a relevância desse novo olhar, este artigo tem por objetivo apresentar tal perspectiva teórica, bem como suas contribuições para a pesquisa e o ensino na área de formação de professores de línguas.

PALAVRAS-CHAVE: formação de professores de línguas; perspectiva sociocultural; aprendizagem docente.

 


Palavras-chave


Formação de professores de línguas. Perspectiva sociocultural. Aprendizagem docente.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/2237-4876.2012v15n2p457



Signum: Estudos da Linguagem
Telefone: (43) 3371-4428
E-mail: signum@uel.br
ISSN: 2237-4876