A qualificação implícita no livro ilustrado a princesa desejosa

Beatriz dos Santos Feres

Resumo


RESUMO: A investigação sobre a qualificação implícita em livros ilustrados para crianças tem como objetivo central identificar, nas encenações descritivas - sobretudo relativas à delimitação de personagens -, a função formativa subjacente às expressões nominais, às metáforas verbais e visuais e às ilustrações codificadas. Por qualificação implícita toma-se a caracterização dos seres operada sub-repticiamente e observável por via inferencial que, baseada em valores e crenças partilhados, constitui uma perspectiva de compreensão da realidade orientada por um grupo determinado histórica e socialmente. Parte-se do pressuposto que esse tipo de qualificação é um relevante fator de formação sociocultural e ideológica do indivíduo, que precisa ser levado em consideração no processo de desenvolvimento da competência leitora. Este trabalho fundamenta-se essencialmente na Teoria Semiolinguística (CHARAUDEAU, 2008, 2010), com destaque às noções de qualificação, modo descritivo de organização do discurso, patemização e competência linguageira. O livro intitulado “A princesa desejosa” (BIAZETTO, 2012) é tomado como corpus para análise.


Palavras-chave


Qualificação Implícita; Estratégias de Leitura; Livros |Ilustrados

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/2237-4876.2012v15n3p129



Signum: Estudos da Linguagem
Telefone: (43) 3371-4428
E-mail: signum@uel.br
ISSN: 2237-4876