Você, ocê e cê em curitiba, Paraná

Loremi Loregian-Penkal, Odete Pereira da Silva Menon

Resumo


Neste trabalho, efetuamos a análise da variação no uso do pronome de segunda pessoa você(s) e suas variantes ocê(s) e cê(s) na cidade de Curitiba, Paraná. Para tanto, adotamos os pressupostos teórico-metodológicos da Sociolinguística Variacionista para descrever e demonstrar se a alternância no uso das variantes analisadas é influenciada por fatores linguísticos e sociais. A amostra compreende a análise de 44 informantes (banco Varsul), estratificados de acordo com o sexo; a escolaridade e a idade. Além da análise das entrevistas formais do Varsul, fizemos, também, com o suporte de Labov (1972; edição de 2008, p. 32), observações em muitas situações espontâneas: nos ônibus de Curitiba; em reuniões de escola; em lanchonetes; em restaurantes e em outros locais públicos nos quais o som da conversa pública pudesse ser ouvido e anotado (e, eventualmente, gravado). Da mesma forma como procedeu Labov, não nos valemos dessas anotações para a análise propriamente dita: elas serviram como amostra de controle para se checar a vitalidade das variantes de você(s) em uso e a sua distribuição. Os dados foram submetidos ao tratamento estatístico do Programa Goldvarb 2001.


Palavras-chave


Você/ocê/cê. Curitiba. Projeto Varsul.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/2237-4876.2012v15n1p223



Signum: Estudos da Linguagem
Telefone: (43) 3371-4428
E-mail: signum@uel.br
ISSN: 2237-4876