Análise sociolinguística de interferências fonético-fonológicas no português brasileiro de contato

Maria Youssef Abreu

Resumo



O contato de línguas produz inevitáveis situações de interferência, permitindo que uma língua infiltre formas/estruturas no interior da outra. Com o fluxo imigratório ocorrido no início do século XX, levas de imigrantes libaneses adentraram o Brasil, efetivando um reencontro na história do contato entre o árabe e o português brasileiro. O propósito central desse artigo é analisar as interferências fonéticas-fonológicas do português brasileiro falado por imigrantes libaneses em situação de contato na cidade de Londrina, contemplando-as sob uma perspectiva Contrastiva e Sociolinguística. O corpus constitui-se da fala de dezesseis falantes bilíngues, divididos em dois grupos religiosos, cristãos e muçulmanos, sendo esses, de sexo masculino e feminino, distribuídos em dois níveis de escolaridade, 1º e 2º graus. A análise demonstrou que as interferências devem-se à distância entre os dois sistemas fonético-fonológicos, à ausência de aprendizado formal do português e ao estatos do árabe como língua de cultura e religião.


Palavras-chave


Interferência, Contato, Sociolinguística

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/2237-4876.2011v14n2p375



Signum: Estudos da Linguagem
Telefone: (43) 3371-4428
E-mail: signum@uel.br
ISSN: 2237-4876