Emprego da metodologia da problematização no estudo da dificuldade de produção escrita entre alunos do ensino superior

Carla Rosane Paz Arruda Téo, Silvia Renata Machado Coelho

Resumo


Com o objetivo inicial de exercitar o emprego da Metodologia da Problematização foi realizado o presente trabalho. Seguindo as etapas desta metodologia foi definido para estudo o problema da dificuldade de produção escrita entre alunos do ensino superior, fato que gera preocupação entre docentes das mais diversas áreas por ser esta uma habilidade fundamental para o bom desempenho dos futuros profissionais formados. Os resultados encontrados permitiram inferir que os alunos do ensino superior não apresentam hábito de leitura, o que não os torna aptos para a leitura crítica, culminando com uma acentuada dificuldade de produção escrita. Conclui-se que somente será possível amenizar o problema estudado mediante esforço coletivo do corpo docente, no sentido de implantar na rotina acadêmica situações reais de incentivo à leitura crítica e à produção escrita. Pelo exercício com a Metodologia da Problematização foi possível concluir que a mesma deve ser difundida, já que oportuniza contribuições efetivas às realidades trabalhadas, através da fase de aplicação prática, quando os autores assumem seu compromisso de ação transformadora.

 

 


Palavras-chave


Metodologia da Problematização; Leitura; Interpretação; Produção Escrita.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/1679-0383.2002v23n1p63

Semina, Ciênc. Soc. Hum.

email: seminahumanas@uel.br
E-ISSN: 1679-0383

DOI: 10.5433/1679-0383


Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional

 

SalvarSalvarSalvarSalvar