A poética da luz natural na obra de Oscar Niemeyer

Paulo Marcos Mottos Barnabé

Resumo


O artigo versa sobre o uso da luz natural como diretriz de projeto na obra de Oscar Niemeyer. Elemento que, superando condicionantes da luminotécnica, torna-se matéria própria da arquitetura, respondendo às questões funcionais mas também sendo moldada para emocionar. Para tanto, faz-se considerações sobre acontecimentos lumínicos em edifícios emblemáticos da história da arquitetura, sobre o cenário conceitual que norteia o discurso de Niemeyer, e sobre a análise de algumas de suas obras. Finalmente, elabora-se um balizamento entre os principais conceitos relacionados à temática da luz e aos objetos construídos vivenciados.

 

 


Palavras-chave


Arquitetura; Poética; Luz Natural; Niemeyer

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/1679-0383.2002v23n1p3

Semina, Ciênc. Soc. Hum.

email: seminahumanas@uel.br
E-ISSN: 1679-0383

DOI: 10.5433/1679-0383


Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional

 

SalvarSalvarSalvarSalvar