Estilo motivacional do professor e a motivação extrínseca dos estudantes

Amélia Carolina Terra Alves Machado, Sueli Edi Rufini Guimarães, José Aloyseo Bzuneck

Resumo


O ambiente de sala de aula é apontado como fator determinante do interesse dos alunos com conteúdos escolares. Nesse contexto, o estilo motivacional do professor é considerado uma das principais influências na motivação dos estudantes. A literatura aponta para uma predominância de motivação extrínseca em relação à escola em decorrência, principalmente, das ações do professor em sala de aula. Neste trabalho serão apresentadas, na perspectiva da Teoria da Autodeterminação, as implicações do estilo motivacional do professor para o envolvimento de alunos. Além disso, serão descritos os procedimentos e resultados de uma etapa do trabalho de validação da versão brasileira de um questionário de avaliação do estilo motivacional do professor (Problems in Schools). Com base na literatura da área, foram elaborados itens de avaliação do estilo motivacional e esse instrumento inicial foi apresentado a um grupo de 10 professores. Neste artigo são apresentadas as análises das entrevistas realizadas após o contato com o instrumento.

 

 


Palavras-chave


Teoria da autodeterminação; Estilo motivacional; Motivação extrínseca.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/1679-0383.2006v27n1p03

Semina, Ciênc. Soc. Hum.

email: seminahumanas@uel.br
E-ISSN: 1679-0383

DOI: 10.5433/1679-0383


Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional

 

SalvarSalvarSalvarSalvar