O uso da metodologia da problematização para a investigação sobre avaliação da aprendizagem. O que há de específico para o ensino superior?

Katiane Cavalcante de Moraes, Neusi Aparecida Navas Berbel

Resumo


Este estudo apresenta uma investigação das práticas adotadas por professores universitários na avaliação da aprendizagem. Utilizou-se a Metodologia da Problematização, por meio do Arco de Maguerez, constando de cinco etapas: Observação da Realidade e definição do problema, Pontos-chave a estudar, Teorização, Hipóteses de Solução e Aplicação à Realidade. Como observação da realidade, foram entrevistados professores do ensino fundamental e médio e realizou-se um resgate de memória das práticas avaliativas vivenciadas pelas autoras. O problema definido foi “O que há de específico, na avaliação da aprendizagem, para o Ensino Superior?”. Foram salientados quatro pontos-chave: 1-Os objetivos pretendidos no ensino superior conforme a literatura. 2-Modalidades avaliativas existentes na literatura. 3-As exigências da Instituição de Ensino Superior quanto à avaliação. 4-As avaliações praticadas na UEL. Para a teorização, utilizou-se a revisão de literatura, a análise de entrevistas com docentes da UEL e a análise de documentos oficiais da instituição. Concluiu-se que as práticas avaliativas mais específicas do nível de ensino superior são: publicação de artigos, participação em projetos, seminários e trabalhos de campo. Nas hipóteses de solução, constaram a publicação e divulgação da pesquisa. Como aplicação da pesquisa, o compromisso das autoras é de divulgá-la e utilizarem-se dos resultados em sua própria atuação profissional.

 


Palavras-chave


Práticas de avaliação; Ensino Superior; Metodologia da Problematização.

Texto completo:

Sem título


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/1679-0383.2006v27n2p169

Semina, Ciênc. Soc. Hum.

email: seminahumanas@uel.br
E-ISSN: 1679-0383

DOI: 10.5433/1679-0383


Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional

 

SalvarSalvarSalvarSalvar