Condições para o desenvolvimento da agricultura familiar no capitalismo contemporâneo

Celestino de Oliveira Brito

Resumo


As primeiras análises acerca do desenvolvimento do capitalismo na agricultura apontavam que uma modernização presidida pela lógica da indústria urbana inviabilizaria a atividade em pequenas unidades de produção. Análises contemporâneas têm corroborado essa tese. Aquelas pequenas unidades de produção que mergulharam a fundo na modernização das suas bases técnicas, com produção voltada exclusivamente para o mercado, não têm obtido retornos econômicos satisfatórios para amortizar suas dívidas, pois estão constantemente em crise e dependem da política estatal. Contrariamente, aquelas unidades familiares nas quais os agricultores têm sabido equilibrar o conhecimento tradicional com o moderno, e aliam a produção para o autoconsumo à produção para o mercado, têm tido maior capacidade para sobreviver às crises que costumeiramente se abatem sobre o mercado.


Palavras-chave


Capitalismo; Agricultura familiar; Estado. Mercado.

Texto completo:

Sem título


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/1679-0383.2007v28n2p155

Semina, Ciênc. Soc. Hum.

email: seminahumanas@uel.br
E-ISSN: 1679-0383

DOI: 10.5433/1679-0383


Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional

 

SalvarSalvarSalvarSalvar